Código: 100

Guia Tipo BOUGIE para Intubação Traqueal Bougie MT

Marca: MT Disponibilidade: Disponível em 10 dias úteis


Por:
R$ 562,00

R$ 522,66 à vista com desconto Itau Shopline
ou 5x de R$ 112,40 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

Guia  tipo "BOUGIE” para intubação traqueal – descartável / estéril é um dispositivo auxiliar para facilitar a intubação traqueal em procedimentos anestésico/cirúrgicos de rotina e/ou em emergências.
O guia  Bougie  MT tem sua aplicação tanto em situações de rotina como naquelas onde haja dificuldade para a exposição adequada da laringe através de laringoscopia (Via Aérea Difícil).
Bougie  
APRESENTAÇÃO: o guia  Bougie -MT é embalado em envelopes individuais com uma face transparente, na formaestéril e pronto para uso imediato. 

Uso Único – Descartável

Cx. c/  10 unidades#  Tamanho adulto – 15F (5mm) para uso com tubos endotraqueais 5,5 mm – 10,0 mm



Quando usar?                        
O Guia "BOUGIE” está indicado nos casos de intubação difícil, sempre que fatores anatômicos, traumáticos ou patológicos, não permitam boa visualização das cordas vocais através de laringoscopia direta.
 
Antes de proceder às manobras de intubação, verifique se o Guia “BOUGIE” pode ser movimentado livremente por dentro do tubo traqueal (TT) escolhido; Guia “BOUGIE” adulto para uso com tubos endotraqueais 5,5 mm – 10,0 mm
 
Técnica de uso
 Realizar laringoscopia: obter a melhor visualização possível da abertura glótica.
Inserir o Guia “BOUGIE” com a extremidade angulada “para cima”, que é a conformação mais favorável
para o acesso à glote.
Procure acompanhar visualmente o trajeto da ponta angulada do guia em seu deslizar por baixo da face posterior da epiglote ou até que sua passagem através da fenda glótica seja concluída;

E quando é impossível visualizar as estruturas laríngeas?
Direcione o segmento angulado distal do Guia “BOUGIE" “para cima”, na tentativa de que mesmo “às cegas” este encontre a abertura glótica e de lá siga para a traqueia.
Se não houver resistência, continue a avançar o guia mantendo a linha média.
 
Como saber se o Guia “BOUGIE"  está na traquéia?
Após o guia ultrapassar a fenda glótica em direção a traquéia, muitas vezes é possível perceber uma sensação táctil quando sua ponta toca e em seguida “salta” alguns anéis traqueais neste trajeto.
A presença deste sinal é um bom indicativo de que a extremidade distal do guia está bem posicionada na luz traqueal e assim sendo, o guia deve continuar a ser cuidadosamente introduzido ainda por mais 15-20 cm para assegurar que sua ponta esteja bem abaixo da glote.
Ao contrário, caso o guia venha a inadvertidamente penetrar no esôfago não haverá sensação táctil, uma vez que as lisas paredes esofágicas não irão oferecer qualquer empecilho à sua progressão. 
Uma vez confirmado o posicionamento do Guia “BOUGIE" na traquéia, manter a laringoscopia, enquanto um assistente introduz o TT escolhido pela extremidade proximal do guia.
Deslizar cuidadosamente o TT sobre o guia até que o TT ultrapasse a laringe e atinja a luz traqueal.
Se possível, todo o trajeto até a passagem do TT pela fenda glótica, deve ser acompanhado por laringoscopia.

E se houver resistência à progressão do TT ?

Caso haja alguma resistência à progressão do TT no vestíbulo da laringe, provavelmente esta se deva ao contato da ponta biselada do TT contra as cartilagens laríngeas, mais freqüentemente a aritenóide direita que poderia se encontrar impactada entre o bisel do TT e o guia. Este problema é mais comum com TT de maior diâmetro, onde a folga entre a ponta do TT e o GIT é mais acentuada. 
A passagem do TT deve ser sempre suave e nunca forçada. 

Como resolver esta dificuldade?
Havendo resistência, recomenda-se recuar ligeiramente o TT ao mesmo tempo em que se aplica uma leve torção anti-horária de 90º (1/4 de volta) para reposicionar o bisel para baixo. Uma disposição mais favorável para superar esta dificuldade e com menores chances de traumatismo às cartilagens laríngeas.
Prosseguir introduzindo o TT neste sentido até que sua ponta ultrapasse as cartilagens laríngeas, quando então a torção é desfeita para que o TT retorne à posição anterior com seu bisel alinhado à fenda glótica (conformação esta mais favorável para o TT passar por entre as cordas vocais).

Atenção às marcações na haste do Guia “BOUGIE" - importante para a correta inserção do TT.
Uma vez o TT corretamente posicionado, retirar o Guia “BOUGIE" .
 
Insuflar o balonete e confirmar a intubação pelos métodos usuais. 

Técnica alternativa para o uso do Guia “BOUGIE" 
Na falta de um assistente, o Guia “BOUGIE" e o TT podem ser inseridos em conjunto.
Nesta variante técnica, o guia é previamente introduzido no TT até que parte de sua extremidade angulada distal esteja aproximadamente 10 cm livres à frente do bisel do TT, enquanto a proximal é curvada anteriormente e presa junto ao corpo do TT. 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


RECEBA NOSSA NEWSLETTER Cadastre seu e-mail para receber ofertas exclusivas da Saúde Shop.